terça-feira, 14 de março de 2017

Papo com o Headhunter


Profissional entra em contato e me pergunta: 

"Juliana, você acredita que 2017 seja um ano melhor do que 2016 e acredita que seja complicado conseguir um novo desafio no mercado de trabalho?

" Minha resposta: "Todo momento, é um momento ideal para se fazer alguma coisa. 
Experimente ficar parado como uma pedra e verá o resultado." Esteja sempre em movimento, nunca perca seu foco, mas saiba como e onde buscar e tenha paciência porque você planta a semente hoje para colher amanhã. 

Como vivemos no mundo do "urgente e imediatismo" precisamos ter consciência disso.

Você não sabe como se posicionar no mercado de trabalho?


Você não sabe como se posicionar no mercado de trabalho?

Deixe-me mostrá-lo como! Ontem mais um projeto foi finalizado e como em muitos feedbacks recebidos esta a gratidão "Juliana, fiquei simplesmente muito feliz com o trabalho, foi mais o que eu esperava".

Conheça um pouco mais e entre em contato:
https://www.staroskyconsultoria.com.br/star-career-hunter

Todo atendimento é individualizado e personalizado para você.

E o custo? Super acessível!

Assessoria do Headhunter


Olá Profissionais,

Vocês já devem estar farto de ouvir que um bom CV e dicas de como se posicionar no mercado de trabalho, trabalhar bem seu perfil no LinkedIn e saber usá-lo corretamente é essencial para sua carreira e networking profissional.

Então, venho desenvolvendo esse trabalho há anos desde quando iniciei essa assessoria para uma grande Diretora de RH da Indústria Farmacêutica que com esse trabalho conseguiu um novo desafio profissional, porque "calhou"​ de ela estar "na hora certa no momento certo"​.

Possui interesse em saber mais?

Faça contato: juliana@staroskyconsultoria.com.br

São mais de 3mil profissionais assessorados!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Os 7 erros mais comuns que empresas cometem na Técnica de Hunting.


Olá Profissional,

Como vai?

Quero aqui dar algumas dicas dos principais erros mais comuns que empresas e consultorias tem sobre o processo na técnica de desenvolver o mapeamento de mercado (Hunting).

  1. Não preciso fazer hunting, existe o LinkedIn e todos profissionais estão na rede social profissional. Erro: Muitos profissionais estão sim na rede, mas tenho certeza de que no mapeamento que você precisa desenvolver, apenas 40% deles você irá encontrar, os demais você precisa realmente aplicar a técnica do hunting;                                                      
  2. Qualquer um pode aplicar a técnica de hunting. Erro: Aplicar a técnica exige treinamento apropriado e conhecer todos os riscos que envolve esse trabalho. Além de muita ética e confidencialidade. Leva-se algum tempo para se adquirir senioridade e não cair em "saias justas" e ter 100% do foco que o processo exige.                                      
  3. Posso aplicar a técnica em qualquer ambiente. Erro: É de extrema importância que o profissional que esta destinado a aplicar a técnica tenha um espaço reservado e privado para desempanar a abordagem de mercado. Caso contrário sua empresa pode correr o risco de perder "o candidato" ou agir de forma antiética expondo sua empresa e o profissional da empresa abordada.                                                                
  4. É super fácil aplicar a técnica de hunting. Erro: Não, é fácil para quem realmente aplica há anos e conhece todo processo, trabalha com ética e confidencialidade e sabe quais são os caminhos para acelerar o processo. Então, não é fácil e exige tempo, foco e muita resiliência.                                                                                               
  5. Processo de Recrutamento & Seleção não requer mapeamento de mercado. Erro: Quando sua empresa não desenvolve um mapeamento de mercado não consegue ter uma amostragem do mercado de trabalho e identificar qual profissional esta alinhado dentro do conceito CHAVE - competências, habilidades, atitudes, valores e emoção para o momento atual de sua empresa. E consequentemente, acaba contratando errado e tendo custos desnecessários - contratar X treinar X demitir X recontratar. Quando você mapeia o mercado, diminui 90% esses riscos.                                                                                                                            
  6. É mais barato fazer o processo de hunting em minha empresa do que contratar uma consultoria. Erro: É muito mais caro você disponibilizar um profissional dedicado em sua empresa do que repassar o processo para uma consultoria. Isso porque esse profissional precisa ter 100% de foco só nesses processos, caso contratário não fará hunting e sim um processo padrão de R&S; além de ter um espaço físico reservado. E a ética, fica muito mais delicado uma empresa abordar diretamente a sua concorrente na busca pelo profissional que se deseja, o profissional pode "vazar a informação" e a situação fica muito delicada. Quando você tem uma consultoria, tem uma intermediação nesse processo e a imagem de sua empresa fica 100% preservada.                                                                                                   
  7. É muito caro contratar uma consultoria com grande experiência na Técnica de Hunting. Erro: Sim, é muito caro quando se aceita fazer o trabalho 100% no sucess fee com consultorias que não fazem o processo de hunting e sim, apenas envio de CV´s sem mensuração de mapeamento de mercado com amostragem numérica do que foi desenvolvido. Quando a empresa assume esse risco, a consultoria também assume o risco de "empurrar CV". Não é caro contratar uma consultoria que desenvolve processo de mapeamento, hoje existem profissionais super qualificados que podem desenvolver um trabalho sério e confiável para que sua empresa tenha um trabalho de qualidade e assertividade. A Starosky Consultoria de RH é uma boutique de Capital Humano com grande experiência em mapeamento de mercado, tendo desenvolvido grandes projetos para empresas de grande porte além de no passado ter treinado empresas a mapear o mercado, porém as empresas treinadas entenderam o risco e investimento e resolveram repassar o processo para consultoria. 

Espero ter contribuído um pouco mais sobre a importância do Hunting. 

Ficou interessado? Entre em contato: juliana@staroskyconsultoria.com.br

Juliana Starosky


terça-feira, 7 de março de 2017

Workshop Online - STAR Career Hunter


Prezado profissional,

Tomo a liberdade de lhe contatar para apresentar o Workshop online do STAR Career Hunter - Venha aprender a se tornar seu próprio Headhunter para que vocês de todo Brasil possam adquirir e participar. 

"Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve."  Lewis Carroll

Atualmente, é muito importante que você seja seu próprio Headhunter. Aqui você terá assessoria especializada de destaque que irá ajudar você a como se posicionar no mercado de trabalho, ser visto e lembrado por empresas e Consultorias de Executive Search.

Juliana Starosky, Headhunter especialista irá transformar tudo o que aprendeu ao logo de seus estudos e carreira para ajudar você em sua carreira de forma única.

Confira os mais relevantes pontos para que você se torne seu próprio Headhunter, através do passo a passo:

• Simulação de Entrevista - cenário real de uma entrevista por competência com objetivo de avaliar como o profissional se posiciona e apresenta sua trajetória de carreira. Eventuais perguntas feitas em entrevistas.

• Currículo no formato executivo - aprofundar toda conquista e atividades juntamente com o profissional para que ele transcreva de forma construtiva e atraente sua trajetória de carreira. Em português.

• Mapeamento de mercado- estudo de empresas no Brasil que se deseja trabalhar e como mapear e se apresentar aos contatos chave; • Rede Social LinkedIn - formatação executiva, treinamento prático de como entender as funcionalidades da ferramenta; como ampliar suas conexões para se obter maior visualização pelo mercado de trabalho.

• Marketing Pessoal - como tornar consciente através de ferramenta de Coaching seus pontos fortes para utilizar em explorar em sua carreira;

• Carta de Apresentação executiva - briefing da trajetória de sua carreira para se comunicar com o mercado de trabalho. Em português.


Você irá adquirir o modelo executivo de CV em Word e português e Carta de Apresentação.


 STAR Career Hunter, ajuda você a: 

• Demonstrar de forma adequada e profissional sua trajetória de carreira ao mercado de trabalho;
• Abrir eventuais portas de emprego, através de um CV estruturado e Networking efetivo;
• Terá um olhar consultivo de um especialista em Executive Search, Carreiras e Avaliador do Comportamento Humano;
• Entre muitos outros benefícios que o próprio profissional acaba avaliando durante o processo.

Clique no link abaixo e faça sua inscrição:



Importante: Não ofereço o que não posso cumprir, por esse motivo não atuo com recolocação porque se trata de um trabalho extremamente complexo e de alto investimento que exige de uma grande equipe focada na "caça de vagas". Aqui não irei prometer ou enviar vagas para seu e-mail, ensinarei você à prospectar de forma pontual.

Cordialmente,
Juliana Staroksy

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Quer ter sucesso na carreira? Conheça e domine sua CHAVE!

Olá Profissional,
Você já deve ter ouvido falar no CHA (conhecimentos, habilidades, atitudes), mas temos os Valores e Emoção. Quando tenho uma boa formação, não necessariamente em escola de primeira linha que “algumas” – não estou generalizando, colocaram profissionais totalmente despreparados para dar aula em matérias que nunca atuaram na carreira, é algo para se desconfiar. Estava eu, conversando com um profissional que me diz “na universidade X” que é de primeira linha e muito famosa, tem uma professora de RH que é muito ruim. Quando fui investigar a pessoa JAMAIS trabalhou em RH na vida, e se diz profunda conhecedora de comportamento humano e carreira.
No mínimo estranho, e o que me soa é que a universidade tem intensão mais do “MARKETING – MARKETING” do que realmente os alunos aprendam Gestão de Pessoas. Será que o aluno tem plena consciência de que esta pagando por um curso caro e fazendo uma matéria com alguém que fala pelo “senso comum?”
Bom, vamos lá! Espero que você tenha feito uma boa escola, independente de nome para ter adquirido o C – conhecimentos. Idiomas e cursos de pequena duração são complementares. O que quero dizer é, não se descabele porque não tem um super carimbo de universidades de primeira linha, calma! Você tem muitos desafios a mais para desenvolver e hoje algumas escolas estão perdendo credibilidade pela má escolha de professores que no passado eram extremamente qualificados.
Em seguida vem o H – habilidades, tudo o que você tem de experiência prática nas empresas, suas atividades etc.
A – atitude, aqui já vem demonstrar o comportamento do profissional, se ele é um gênio mas sabe colocar a ideia na prática. Não adianta ter uma brilhante ideia e deixar com que alguém copie, porque você teve “medo” de arriscar e colocar em prática.
V – valores, vemos hoje algo que é comum do Ser Humano “a corrupção” – nem todo mundo é bom, nem todo mundo é mal. E a frase já dizia “Dê poder a um homem e descubra quem ele é” isso tudo vem de seus valores/caráter. Preciso reconhecer quais são meus valores e identificar os valores da empresa (cultura) para entender se eu “serei feliz” na organização.
E – emoção, o povo brasileiro vem sendo colocado a prova da “resiliência”, “capacidade de tolerância à frustração” e muitas outras que estão dentro da Inteligência Emocional. Se preparar para uma crise, não é apenas saber se organizar na prática, mas ter as emoções muito bem controladas. E, dentro de uma organização isso é fundamental, pelas mudanças que passa e pela pressão que se sente.
Então, o que quero dizer com tudo isso é: Tenha consciência da sua CHAVE para saber onde você pode colocá-la, trace suas estratégias e seja totalmente ativo em sua carreira. Pare de culpar o gestor ou a empresa ou a chuva, comece a vestir a sua camisa.
Emprego dentro de uma empresa não é para o resto da sua vida, ele tem um tempo útil e o que você fará depois disso? Tenho certeza de que terá muita vontade de criar e energia para trabalhar, mas e se, o mercado de trabalho não o contratar por alguma razão específica?
Assuma o controle de sua carreira, organize hoje o que você tem de ferramentas para traçar sua estratégia de ação.
Assunto um pouco polêmico, mas necessário para se pensar, desde quando se tem 23 anos de idade, porque o tempo voa, meu amigo e ela passa para todos nós! Não estou sugerindo você sair empreendendo, estou sugerindo você se organizar e planejar seu presente e futuro.
Grande abraço,
Juliana Starosky

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Case Executivo Sênior - O sucesso esta em como você se posiciona na carreira e na vida.


Olá Profissional,
Venho aqui, humildemente compartilhar uma frase e pensamento que é algo muito comum em pessoas de sucesso.
Você já deve estar cansado de ouvir que o principal agende da mudança é você e mais ninguém, pessoas e coisas são apenas ferramentas de apoio, mas a mudança só irá ocorrer se você estiver 100% comprometido e esta "cansado" de estar na posição que ocupa. Então, aqui vem mais uma prova de que não existe "sorte" e sim "ação!".
Eu, Juliana Starosky - Psicóloga, Headhunter, Coach de Carreira e apaixonada por meu trabalho, estou muito feliz porque é lindo você atender um Executivo Sênior no outro lado do mundo por Skype (ele brasileiro) e ouvir algo maravilhoso que soa como música: "Juliana, uma vez uma pessoa me disse que eu não seria ninguém, porque meu pai é agricultor e minha mãe dona de casa. E eu provei a mim mesmo que ele estava errado, e aqui estou eu."
Moral: Esse profissional ressignificou algo que para ele poderia ser um "trauma" ou "bloqueio". Ele pegou a "raiva" que poderia ter sentindo na hora e transformou em ação. Ação positiva para o seu crescimento profissional e pessoal. Hoje ocupa um cargo executivo, tem atuação mundial com equipes no mundo todo e com uma energia e vontade de viver que qualquer empresa gostaria de ter para assumir uma posição de CEO em seu segmento. É inspirador para seus funcionários!
E você, o que esta fazendo com sua carreira? Esta sendo a vítima ou esta se mexendo para mudar? O que você tem hoje para ser o processo de sua transformação?
Gratidão é o que sinto por mais um processo que sei que esta enriquecendo ainda mais meus estudos do comportamento e desenvolvimento do ser humano em sua carreira e vida.
Abraços,
Juliana Starosky

Atenção

As informações contidas ou mencionadas neste blog são originadas de várias fontes e podem não estar precisas, completas, atualizadas ou sem erros. Este blog foi concebido como um serviço para seus visitantes e as informações são apresentadas “NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM”.Não serão permitidas alterações das idéias apresentadas no blog. Qualquer divulgação em outra mídia será necessária a aprovação do autor.